Ciavor → Funciona? É Bom? Saiba Tudo Antes de COMPRAR

Ciavor é um fármaco indicado para o tratamento da disfunção erétil (DE), também conhecida como impotência sexual.

O seu componente principal é a Tadalafila, assim como o Cialis o medicamento apresenta um efeito mais duradouro do que outros remédios para impotência sexual como o Viagra e Levitra.

ciavor tadalafila

Ciavor vem na forma de comprimidos revestidos que apresentam coloração amarelada e aspecto físico semelhante ao de uma amêndoa, sendo vendido em embalagens que contêm 2, 4 ou 8 pílulas, nas dosagens de 5 e 20 mg.

Alternativa Natural

Composto Natural Desbanca Remédios para Impotência Masculina e Choca os Médicos!

Xtrasize ou Ciavor

➜ SAIBA MAIS

Bula do Ciavor

Para que Serve

Ciavor é recomendado para homens que têm dificuldade em obter e/ou manter a ereção do pênis quando já sexualmente excitados. Ele age aumentando o fluxo de sangue no pênis e permitindo que o homem tenha ou mantenha uma ereção satisfatória para a prática de uma relação sexual. Ao término da relação ocorre a diminuição do fluxo sanguíneo no pênis e a ereção cessa.

É necessário observar que Ciavor somente apresentará o efeito desejado se o homem estiver estimulado sexualmente, de modo que a ereção não irá acontecer tão somente em decorrência da ingestão do comprimido.

Como Tomar

O comprimido de Ciavor deve ser ingerido via oral e por inteiro, não havendo necessidade de ser consumido em conjunto com qualquer refeição. Não pode ser mastigado, partido ou aberto.

Ciavor deve ser tomado antes da relação sexual e em dose não superior a 20 mg, sendo recomendado que a pessoa não tome mais de um comprimido por dia.

Em geral, o medicamento começa a agir a partir de 30 minutos da ingestão e pode ter duração máxima de até 36 horas. A relação sexual deverá ocorrer durante esse intervalo de tempo em que Ciavor está fazendo efeito.

O tratamento com Ciavor deve ser seguido de acordo com as orientações da bula e recomendações médicas, devendo o paciente observar a dose indicada, horário e duração do tratamento.

Precauções

Homens que tenham alergia ao componente Tadalafila ou que fazem uso de remédios que tenham em sua composição nitratos, como, por exemplo, propatilnitrato, isossorbida, nitroglicerina e dinitrato de isossorbitol, não podem fazer uso de Ciavor. Não existem restrições especiais em caso de utilização do medicamento por homens idosos.

Em relação a pacientes com problemas cardíacos, em especial aqueles que já tenham tido ataque cardíaco ou que tenham batimentos cardíacos irregulares, insuficiência cardíaca ou angina, o uso do medicamento deve ser feito com cuidado e sempre seguir a orientação do médico responsável.

O mesmo cuidado deve ser observado para pacientes que apresentam:

  • pressão baixa ou alta não controlada;
  • derrame;
  • úlceras no estômago;
  • deformação do pênis;
  • priapismo (ereção dolorosa com duração acima de 4 horas);
  • problemas do fígado e nos rins.

Ciavor também deve ser utilizado com cautela para pacientes com intolerância à lactose, pois contém em sua fórmula lactose monoidratada.

Efeitos Colaterais associados ao uso do Ciavor

Em raros casos, Ciavor pode causar a perda de visão, tendo como causa a interrupção do fluxo de sangue direcionado ao nervo óptico. No entanto, estudos ainda não conseguiram esclarecer se esse efeito está diretamente relacionado com o uso do medicamento. Homens diabéticos, fumantes ou com doença cardíaca ou colesterol alto apresentam maiores chances de desenvolver a doença.

Em caso de qualquer alteração na visão, o paciente deve suspender o uso do remédio e consultar seu médico. Ciavor também pode levar à diminuição ou perda repentina de audição, assim como casos de zumbido auricular ou vertigem.

Outros efeitos colaterais também foram observados por pacientes em tratamento com Ciavor. Entre as reações mais comuns estão:

  • dor de cabeça (cefaleia);
  • mialgia (dor muscular);
  • dores nas costas;
  • congestão nasal;
  • tontura;
  • indisposição gástrica e rubor facial.

Somente 1% dos pacientes apresentou falta de ar, dores ou vermelhidão nos olhos e inchaço das pálpebras.

Em menos de 0,01% dos pacientes foi possível constatar inchaço facial, dermatite esfoliativa, urticária, infarto do miocárdio, morte súbita cardíaca, derrame cerebral, taquicardia, desmaio, hipotensão, hipertensão, dor abdominal, refluxo, suor abundante, ereção prolongada, enxaqueca e sangramento pelo nariz.

Considerações finais

Indicado para o tratamento da disfunção erétil, o medicamento deve ser utilizado conforme prescrição médica e em caso de necessidade, depois de excluídos outros fatores e doenças que podem estar impedindo ou prejudicando o desempenho sexual.

Entretanto, o remédio tornou-se obsoleto devido aos inúmeros efeitos colaterais e também com o surgimento de novas opções naturais com o Viagra Natural. Teste o Composto Natural e Surpreenda sua Parceira na Cama!

➜ Testar AGORA

Ciavor → Funciona? É Bom? Saiba Tudo Antes de COMPRAR
5 (100%) 13 votes